Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Arte ao Redor Mostras selecionadas estão reunidas nesta página

Museu da Língua Portuguesa tem novo espaço para exposições

O local fica no Pátio B do edifício histórico da Estação da Luz

Por Redação VEJA São Paulo 22 ago 2021, 15h14

O Museu da Língua Portuguesa inaugura um novo espaço para exposições, em São Paulo, com a mostra Viva Palavra. O local fica no Pátio B do edifício histórico da Estação da Luz, e será aberto ao público pela primeira vez, e com acesso livre, dentro da proposta do projeto de reconstrução de conectar a rua, o Museu e a Estação da Luz de forma mais orgânica. O acesso à exposição é feito diretamente pela gare da Estação da Luz e pela Praça da Luz, das 9h às 16h e não é preciso pagar ingresso.

São sete ilustrações de artistas de diferentes estados do país como Bahia, Piauí, São Paulo, Minas Gerais, Brasília e Sergipe. Com os nomes Luna B, Efe Godoy, Breno Loeser, Yacunã Tuxá, Renata Felinto, Criola e Antonio Junião, a ideia é mostrar o que tem sido produzido em outros estados do país, além de São Paulo e Rio de Janeiro.

“A ideia é mostrar a diversidade do que tem sido produzido fora do eixo Rio-São Paulo. Os trabalhos selecionados refletem as experiências efervescentes oriundas de movimentos artísticos, culturais e sociais”, disse o curador da exposição, o cartunista e ilustrador, Antonio Junião.

Segundo as informações do Museu da Língua Portuguesa, a exposição Viva Palavra é um desdobramento do projeto “A Palavra no Agora”, lançado em julho de 2020 para estimular o público a pensar sobre os sentimentos complexos despertados pela pandemia, por meio de exercícios de escrita disponibilizados em uma plataforma online. As publicações enviadas pelos internautas serviram de referência para os artistas desenvolverem seus trabalhos. O projeto continua acessível e aberto para novas participações no site noagora.museudalinguaportuguesa.org.br.

Trechos dos textos enviados pelo público também estão expostos no Centro de Referência do Museu da Língua Portuguesa, um espaço também novo, onde são feitas as pesquisas, a documentação do patrimônio material e imaterial que compõem o acervo do MLP. O local fica aberto a visitas terça a quinta, das 10h às 15h.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês