Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Arte ao Redor Tatiane de Assis é repórter da Veja SP. Acredita que as artes visuais podem aproximar pessoas e descortinar novas facetas da vida.

Morre o arquiteto Ruy Ohtake aos 83 anos

Ele lutava contra um câncer de medula, chamado mielodisplasia

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 27 nov 2021, 18h35 - Publicado em 27 nov 2021, 11h17

Na manhã deste sábado (27), morreu aos 83 anos o arquiteto Ruy Ohtake no flat em que morava, no bairro do Itaim Bibi, na cidade de São Paulo. Ele tratava um tipo de câncer de medula, do tipo mielodisplasia.

Ruy era um dos filhos da artista plástica japonesa, naturalizada brasileira, Tomie Ohtake (1913-2015). Seu irmão, Ricardo, preside o instituto que leva o nome da mãe, no bairro de Pinheiros. Ruy assina o prédio, de cores vibrantes e metálicas, com formas onduladas.

O velório dele ser realizado no próprio apartamento e será restrito aos seus familiares. Seu corpo será cremado no Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo.

Ruy também foi responsável por outros projetos importantes, como os hoteis Unique e Renaissance. Também assinou o conjunto habitacional em Heliópolis, na Zona Sul de São Paulo, trabalho apelidado de redondinhos. 

Além disso, esteve à frente do projeto dos centros de treinamento do centro de formação de atletas do time do São Paulo, em Cotia, e do CT Doutor Joaquim Grava, do Corinthians.

Ele se formou na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU), nos anos 60, e deu aulas no Mackenzie e na Universidade Católica de Santos.

Continua após a publicidade

Publicidade