Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 29 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Paulo Yoller deixa o Butcher’s Market

Melhor hamburgueria da cidade, eleita pela edição especial “Comer & Beber” de VEJA SÃO PAULO, o Butcher’s Market não conta mais com o chef que a levou ao topo. Paulo Camargo Yoller acaba de dar baixa. Foi seduzido por um convite de Carlos Benedetti Monteiro, sócio também do Spago, para comandar a cozinha de uma […]

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 27 fev 2017, 12h34 - Publicado em 11 abr 2012, 00h54

Yoller, novo chef do Best Burger e jogador de futebol americano do Lusa Rhynos, time de Portuguesa: “terei oportunidade para crescer” (Foto: CB)

Melhor hamburgueria da cidade, eleita pela edição especial “Comer & Beber” de VEJA SÃO PAULO, o Butcher’s Market não conta mais com o chef que a levou ao topo.

Paulo Camargo Yoller acaba de dar baixa. Foi seduzido por um convite de Carlos Benedetti Monteiro, sócio também do Spago, para comandar a cozinha de uma lanchonete que o empresário mantém no Shopping Tamboré, a Best Burger. Embora esteja em atividade desde março de 2005 e faça cerca de 5.000 couverts por mês, nos cálculos do proprietário, a casa de hambúrgueres nunca foi, digamos, um endereço de excelência.

“Eu queria o Neymar do hambúrguer”, conta Monteiro. Daí o convite para o especialista na chapa, que deve reformular todo o conceito a partir de 1º maio. O apelo foi forte. “Minhas conversas com o craque duraram um mês. Propus um salário de 5.000 reais por mês mais uma percentagem na meta de vendas.”

“Sempre tive tudo o que quis no Butcher’s e aprendi muito com Jae e Ryan Kim [o designer e o proprietário do Butcher’s Market, respectivamente]. Mas vi no convite do Monteiro uma oportunidade para crescer. Começarei como head-chef e, assim que bater a primeira percentagem na meta de vendas, posso me tornar sócio minoritário”, diz entusiasmado Yoller. O cozinheiro de 23 anos, formado em gastronomia pela Faculdade Anhembi Morumbi, deixou a casa do Itaim no dia 2 de abril.

“O novo restaurante terá como tema o futebol americano”, adianta Monteiro. “Os lanches e burgers receberão os nomes dos grandes times. O giants double burger, por exemplo, faz uma homenagem ao New York Giants, atual campeão do Super Bowl. “Terá dois hambúrgueres de 180 gramas, molho de tomate e chips de Parma, além de um creme de queijo com cebola-roxa. Estamos em fase de testes para os nossos lanches gourmets.”

No segundo semestre, o empresário pretende abrir uma loja em São Paulo no mesmo estilo. “Embora goste muito do Itaim e da Vila Olímpia, devo ir para Pinheiros”, sinaliza.

 

Continua após a publicidade

Publicidade