Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Zé Neto entra com ação contra Luisa Mell após ser acusado de maus-tratos

O artista pede indenização de R$ 30.731,00, além de exclusão de vídeo em que a ativista o critica por romaria em burro

Por Redação VEJA São Paulo 27 out 2021, 10h06

Zé Neto, cantor sertanejo da dupla com Cristiano, entrou com ação por danos morais contra a ativista e apresentadora Luisa Mell. O artista pede R$ 30.731,00 por, segundo ele, ter sido acusado de promover maus-tratos a animais durante uma romaria de Camanducaia, em Minas Gerais, a Aparecida, em São Paulo.

A ativista havia criticado a atitude de Zé Neto em vídeo nas redes sociais. De acordo com Luisa Mell, ele teria percorrido o trajeto montado em um único burro. Zé Neto rebateu as acusações e disse que entraria na Justiça.

Os advogados de Zé Neto dizem que a publicação de Luisa Mell não é verdade e que as falas causaram prejuízos à imagem do cliente. A ação pede também que a ativista apague o vídeo postado.

O juiz Gustavo Henrique Bretas Marzagão, da 35ª Vara Cível de São Paulo, deu  prazo de dois dias para que Luisa Mell remova a publicação das redes sociais. Ele alegou que houve revezamento entre animais durante os dias de romaria e acrescentou que Luisa Mell é nacionalmente conhecida e sua conta tem quase 4 milhões de seguidores.

Luisa Mell ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.

Continua após a publicidade

Publicidade