Continua após publicidade

Yellow limita área de atuação de bikes, cobra multa e irrita clientes

Empresa passou a exigir 30 reais referente a "taxa de retorno"

Por Sérgio Quintella Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
26 set 2018, 15h54

A empresa de compartilhamento de bicicletas Yellow limitou sua área de atuação, após iniciar a oferta, há pouco mais de dois meses, na cidade toda. Desde pelo menos no último fim de semana, os usuários do serviço deparam-se na tela principal do aplicativo com um aviso informando que a entrega das bikes deve ocorrer em uma região delimitada, que começa na Vila Leopoldina, passa pelo Rio Pequeno, na Zona Oeste, e se estende pelos bairros de Santo Amaro, Campo Belo, Moema, Jardins, entre outros, na Zona Sul. As regiões leste e norte da cidade foram excluídas.

A entrega do veículo longe dos bairros estabelecidos implica em uma cobrança de 30 reais. Caso o cliente queira destravar uma bicicleta que esteja fora da área, poderá fazê-lo, mas a devolução sem custos deverá ocorrer nos pontos determinados.

O diretor da companhia Eduardo Musa afirma que a medida já era esperada e que o raio será expandido gradativamente. “Nosso serviço é voltado para pequenos trajetos. Não faz sentido um usuário pegar a bike na Zona Sul e devolver em Santo André. Até porque eu posso enfrentar algum processo em prefeituras onde eu não tenho autorização para atuar”, afirma. “Além disso, não se trata de uma multa, mas sim de uma taxa de retorno”.

Na tarde desta quarta-feira (26), havia exemplares de bicicletas disponíveis em Santana de Parnaíba, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Itapevi e Embu, na Grande São Paulo.

Continua após a publicidade

Na página da empresa no Facebook, muitos usuários reclamaram da alteração. “Eu não vou a esses bairros e botei crédito antes dessa palhaçada porque queria andar pela Vila Clementino. Vocês vão devolver meu dinheiro?”, questionou um usuário. Em resposta, a Yellow postou o seguinte: “Não se preocupem. Vocês podem solicitar reembolso direto via app. É importante dividir com vocês que nosso time está trabalhando muito para que nosso serviço possa abranger novas regiões da cidade em breve, com um serviço de qualidade, garantindo que sempre tenha uma bike pertinho de você”.

Outro ciclista comentou que o aviso deveria ter ocorrido antes. “Se vocês tivessem informado antes que teria área restrita eu não teria baixado o app e tampouco adicionado crédito”. Na mesma postagem a Yellow esclareceu: “Para garantir um serviço de qualidade para atender as necessidades dos usuários (com grande volume de bikes, manutenções contínuas, time de rua disponível, etc), é necessário termos uma área de atuação inicial. E assim, aos poucos, conseguimos expandir o mesmo serviço de qualidade para novas regiões”. 

(Sérgio Quintella)
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.