Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Willian Bigode e esposa perdem filho e desabafam: “Você foi tão amado”

O Jogador do Palmeiras e a companheira Loisy souberam da noticia durante exame de rotina; ela estava grávida de 25 semanas

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 6 out 2021, 12h22 - Publicado em 6 out 2021, 12h21

O atacante do Palmeiras, Willian Bigode, lamentou a morte prematura do filho Antônio Miguel. A esposa do jogador, Loisy Coelho, estava grávida de 25 semanas. No Instagram, o atleta disse que ele e a mulher souberam da morte após uma consulta de rotina.

“Filho, você foi tão amado. Infelizmente, recebemos a pior notícia de nossas vidas: em uma consulta de rotina, o doutor nos disse que o coração do Antônio Miguel estava sem batimento. Ele tinha ido a óbito!”, postou Willian.

“Vivemos dias difíceis: realizamos a cesárea na Loisy, peguei o meu pequeno no colo e o sepultamos. Fácil não está sendo. Mas continuamos firmes com os olhos na promessa. Em breve, estaremos grávidos novamente. Eu creio.”

View this post on Instagram

A post shared by Willian Gomes De Siqueira (@williandubgod)

Loisy também falou sobre o momento difícil. “Na quarta-feira dia 29/09 as 16h, recebemos a notícia que Antônio Miguel veio a óbito dentro do meu ventre. Estava de 25 semanas. Não sabemos o motivo ainda (…) Realizei parto cesária, senti ele em meus braços, beijei, cheirei e disse: ‘Filho você foi tão Amado'”, contou ela.

Willian e Loisy anunciaram a gravidez em maio deste ano. O jogador aproveitou um momento feliz, quando marcou um gol contra o Santos, para confirmar a notícia. Os dois são casados desde 2011 e têm três filhos, Daniel, Mariah e Filippa.

Continua após a publicidade

Publicidade