Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Vice-governador Rodrigo Garcia se filia ao PSDB

Cotado para concorrer ao governo estadual, iniciativa foi encabeçada por João Doria

Por Redação VEJA São Paulo 14 Maio 2021, 17h59

O vice-governador Rodrigo Garcia participou nesta sexta-feira (14) de um evento na Zona Sul para oficializar sua filiação ao PSDB. Conforme a Vejinha antecipou na terça-feira (11), Garcia se encontrou com dirigentes tucanos ao longo da semana e saiu do DEM.

A filiação ocorreu no Brooklyn e teve a presença do governador João Doria. Com a mudança para o partido, Garcia ganha mais força para se tornar o candidato do prefeito Bruno Covas e de Doria para o Executivo paulista em 2022.

A ida de Garcia para o PSDB era uma das bandeiras do governador, que vai disputar as prévias tucanas para tentar a presidência da República.

No Twitter o presidente do DEM, ACM Neto, criticou a mudança de seu antigo aliado. “A mudança do vice-governador Rodrigo Garcia para o PSDB é fruto de uma inexplicável imposição estabelecida pelo governador de São Paulo, João Doria, cuja inabilidade política tem lhe rendido altíssima rejeição e afastado os seus aliados. A postura desagregadora do governador de São Paulo amplia o seu isolamento político, e reforça a percepção do seu despreparo para liderar um projeto nacional”.

 

Continua após a publicidade
Publicidade