Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Vazamento de gás provoca evacuação de prédio do Hospital 9 de Julho

Comgás foi acionada para realização de reparo e Corpo de Bombeiros manteve local isolado

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 6 Maio 2020, 21h30 - Publicado em 6 Maio 2020, 21h25

Um vazamento de gás que ocorreu na esquina da rua Peixoto Gomide com a rua Herculano de Freitas provocou a evacuação de um prédio do Hospital 9 de Julho, localizado no Cerqueira César. Quatorze andares do edifício do Centro de Medicina Especializada foram esvaziados quando o problema foi detectado, por volta das 11h30 da manhã desta quarta-feira (6).

De acordo com a assessoria de imprensa da instituição, a evacuação não demorou mais do que 20 minutos. O Corpo de Bombeiros dirigiu-se ao local e manteve a rua interditada por 30 minutos, até 12h30. De acordo com a Comgás, responsável pela rede de gás natural encanado, o dano na tubulação ocorreu em uma obra que era realizada por terceiros na Peixoto Gomide.

De acordo com a assessoria da companhia, a equipe técnica foi acionada e eliminou o vazamento de gás às 11h40. “Aqueles que estavam em consultas tiveram seus atendimentos reagendados e aqueles que estavam no centro de infusão recebendo medicações foram levados ao [edifício principal do] Hospital, devidamente acompanhados com equipes médica e de enfermagem, em veículo próprio para transporte de pacientes e ambulância”, diz a nota do 9 de Julho.

  •  

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade