Três artistas brasileiros de destaque morreram nesta quarta (1)

Eleonore Koch, Antonio Dias e Mario Cravo Júnior foram expoentes da arte brasileira do século XX

A arte brasileira teve três grandes perdas nesta quarta (1). Morreram os artistas Eleonore Koch, Antonio Dias e Mário Cravo Júnior.

Eleonore morreu na madrugada, aos 92 anos. Nascida em Berlim, mudou-se para o Brasil em 1936. Foi uma das discípulas de Volpi. Suas obras estão em exibição na exposição Mínimo, Múltiplo, Comum na Pinacoteca.

Dias estava estava internado desde domingo (29) na Clínica São Vicente, localizada no bairro da Gávea, no Rio de Janeiro. Tratava um tumor na cabeça, diagnosticado em junho de 2017.  Tinha 74 anos. Em 1965, ganhou o prêmio da Bienal de Paris. Em 1972, recebeu uma bolsa da Simon Guggenheim Foundation. Sua produção foi revisitada em uma exposição no Sesc Pinheiros chamada Entre Construção e Apropriação.

Mário Cravo Júnior foi um dos maiores escultores brasileiros. Estava internado com pneumonia desde 17 de julho, no hospital Teresa de Lisieux, em Salvador, cidade onde morava. Tinha 95 anos. Entre suas obras mais famosas estão Cruz Caída (1999), instalada no Pelourinho.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s