Clique e assine por apenas 5,90/mês

Suspeita de bomba faz voo atrasar por quatro horas em Guarulhos

Voo foi esvaziado e o passageiro suspeito foi levado à delegacia da Polícia Federal, que não identificou crime

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 8 fev 2018, 22h04 - Publicado em 8 fev 2018, 22h02

Um avião saído de Cumbica  com destino a Bogotá teve que ser esvaziado por suspeita de bomba na manhã desta quinta (8). De acordo com a assessoria de imprensa do aeroporto, o voo da Avianca deveria ter saído às 9h30, mas só decolou por volta das 14 horas.

O passageiro suspeito foi levado à delegacia da PF no aeroporto, mas não foi identificado nenhum crime. Também foi instalada uma sala de crise no centro de controle do aeroporto. Segundo informações da GloboNews, familiares disseram à Polícia Federal que ele havia manifestado desejo de com embarcar com explosivos.

Bagagens foram inspecionadas sob supervisão do esquadrão antibombas. Procurada, a Avianca informou em nota que ativou protocolos de segurança devido a “ameaça de um passageiro” e que o itinerário foi retomado depois que a companhia e as autoridades terminaram “as inspeções e investigações estipuladasneste caso” .

Publicidade