Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Soninha Francine aceita convite para ser secretária de João Doria

Vereadora eleita pelo PPS, Soninha irá assumir pasta da Assistência e Desenvolvimento Social na Prefeitura de São Paulo a partir de janeiro

Por Veja São Paulo Atualizado em 27 dez 2016, 15h01 - Publicado em 3 nov 2016, 12h19

A vereadora eleita Soninha Francine (PPS) aceitou convite de João Doria para ser secretária da Assistência e Desenvolvimento Social da Prefeitura de São Paulo a partir de janeiro, quando o prefeito eleito irá tomar posse. 

+Mulher mata marido com dois tiros durante briga na Zona Leste

Doria irá anunciar uma nova leva de secretários em coletiva de imprensa prevista para o próximo dia 10. Os cinco primeiros nomes da equipe foram oficializados na última quinta-feira (27) no centro de São Paulo. “Não é possível que a cidade não tenha nada melhor a oferecer e garantir a 16 000 pessoas que vivem nas ruas. Crianças, idosos, os mais vulneráveis entre as pessoas que vivem em situação miserável”, escreveu Soninha em sua página no Facebook sobre a nova função. 

Soninha é contra o modelo adotado pelo prefeito Fernando Haddad (PT) no programa De Braços Abertos, que oferece trabalhos com remuneração para dependentes de crack. Na eleição, João Doria prometeu acabar com o programa e instituir o Recomeço, adotado pelo governador Geraldo Alckmin, que propõe a internação de dependentes.João Doria prometeu reduzir de 27 para 22 o número de pastas.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade