Clique e assine por apenas 6,90/mês

Segurança da CPTM é esfaqueado no pescoço por passageiro

Caso ocorreu na estação Palmeiras-Barra Funda, na manhã desta terça-feira (14)

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 14 Feb 2020, 15h45 - Publicado em 14 Jan 2020, 18h30

Um segurança da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) sofreu ferimentos no pescoço após uma confusão com um passageiro na manhã desta terça-feira (14). O caso ocorreu na estação Palmeiras-Barra Funda, que dá acesso às linhas 3-Vermelha do Metrô, 7-Rubi e 8-Diamante da CPTM, na Zona Oeste da capital paulista.

Segundo informações divulgadas pela assessoria da Companhia, o caso ocorreu quando um ajudante de motorista, de 49 anos, tentava subir no sentido contrário de uma escada fixa que dá acesso do mezanino da estação para a plataforma de trens. O episódio causou confusão com outros passageiros, e dois vigilantes tentaram conter o caso, quando o homem sacou uma faca e feriu um dos seguranças no pescoço.

Policiais militares que faziam ronda na estação foram acionados e conseguiram deter o ajudante. Segundo a Secretaria de Segurança Pública ele foi preso em flagrante por tentativa de homicídio. A vítima foi levada para o pronto-socorro da Santa Casa e está internada.

+ OUÇA O PODCAST #SPsonha

Publicidade