Clique e assine por apenas 5,90/mês

Secretário André Sturm é vaiado em abertura de festival

Coro de vaias pedia a saída do secretário de Cultura da gestão Doria

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 27 jul 2017, 09h23 - Publicado em 27 jul 2017, 09h08

O secretário Municipal de Cultura de São Paulo, André Sturm, foi vaiado na abertura do Festival de Cinema Latino Americano, na noite desta quarta-feira (26), no Memorial da América Latina. Ele fazia um discurso no palco quando recebeu um coro de vaias que dizia “Ih, fora”.

O secretário da gestão João Doria se envolveu em uma polêmica em maio deste ano, quando ameaçou “quebrar a cara” de um agente cultural durante uma reunião. A conversa foi gravada e divulgada nas redes sociais. O encontro era para discutir a renovação da licença concedida ao grupo no ano passado pela gestão Haddad (PT).

Em resposta, dezenas de manifestantes ocuparam o saguão do gabinete da Secretaria Municipal de Cultura, na Avenida São João. O protesto reuniu pessoas ligadas a entidades culturais e pediu a saída de Sturm por renúncia ou exoneração.

Na época, por meio de nota, Sturm disse ter se exaltado  e usado “linguagem inadequada” para o cargo, e pediu desculpas.

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Assista:

Continua após a publicidade
Publicidade