Clique e assine por apenas 6,90/mês

Saúde de Bolsonaro segue ‘sem complicações’, diz hospital

Boletim médico aponta que presidente realizou exames que descartaram possibilidade de nova cirurgia no intestino

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 3 Feb 2019, 17h41 - Publicado em 3 Feb 2019, 17h40

O presidente Jair Bolsonaro segue sem complicações em seu quadro de saúde, segundo consta no novo boletim médico divulgado neste domingo (3) pelo Hospital Albert Einstein.

Bolsonaro está internado no hospital da zona sul da capital desde 28 de janeiro, quando foi submetido a uma nova cirurgia para a retirada de uma bolsa de colostomia.

De acordo com o boletim do hospital, Bolsonaro permanece em quadro estável, se alimenta por sonda nasogástrica e está sem sinais de infecção. Neste domingo, segundo o texto assinado pelos médicos Antônio Luiz Macedo, Leandro Echenique e Miguel Cendoroglo, Bolsonaro fez exame de tomografia de abdome, que descartou qualquer “complicação cirúrgica”.

Neste sábado (2), os médicos precisaram colocar uma sonda em Bolsonaro depois de uma crise de náuseas e vômito. Assessores da Presidência informaram que eram reações “normais e decorrentes da retomada da função instestinal”.

Continua após a publicidade

Não é o que os especialistas apontam. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, alguns médicos disseram que esses sintomas “não são normais” e ocorrem porque o intestino delgado parou de funcionar.

Na manhã deste domingo, Carlos Bolsonaro, um dos filhos do presidente, postou no Twitter uma mensagem dizendo que Bolsonaro tinha acordado “bem e animado”. O texto foi compartilhado pelo presidente pouco tempo depois.

Publicidade