Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Ricardo Nunes cumpre primeira agenda como prefeito de São Paulo

Político do MDB afirmou que não haverá nenhuma mudança e que dará continuidade ao trabalho de Bruno Covas

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 17 Maio 2021, 10h36 - Publicado em 17 Maio 2021, 10h33

Ricardo Nunes (MDB), o novo prefeito de São Paulo, afirmou que dará continuidade ao trabalho de Bruno Covas na prefeitura da cidade. Nesta segunda-feira (17), o político disse que não haverá nenhuma alteração.

+ Quem é Ricardo Nunes, novo prefeito da capital

“A gestão é a do Bruno Covas, não existe nenhuma mudança, nenhuma alteração. Quando a gente ganhou a eleição, no dia 29 de novembro, iniciaram-se os diálogos para compor o governo que iniciou no dia 1 de janeiro de 2021. E eu participei com o Bruno da composição. Então, é um governo que nós fizemos junto, sob liderança do Bruno, evidentemente, sob a forma de pensar dele e não tem porquê não dar continuidade”, afirmou Nunes.

A fala foi feita durante a primeira agenda oficial de Nunes como prefeito empossado após a morte de Covas, no domingo (16). Na ocasião, ele acompanhava a retomada da vacinação de grávidas e puérperas com comorbidades contra a Covid-19.

De acordo com Nunes, sua visão política é semelhante a de Covas. “Minha visão é igual a do Bruno, de defesa incondicional da democracia. (…) E na parte política é a mesma coisa de sempre, abolimos o radicalismo tanto para esquerda ou como pra direita. [Nossa visão] é de centro, é de diálogo, é de convergência”, afirmou.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade