Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Rede de restaurantes populares terá prazo de refeições gratuitas prorrogado

Decisão publicada no Diário Oficial vale para pessoas em situação de rua

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 30 dez 2020, 15h17 - Publicado em 30 dez 2020, 15h14

Foi publicado nesta quarta (30), no Diário Oficial, que os 59 restaurantes da rede popular do estado Bom Prato servirão refeições gratuitas para pessoas em situação de rua até 30 de abril de 2021.

O serviço implantado em maio, que chegou a ser suspenso no fim de setembro pelo governador João Dória (PSDB), deveria ser mantido até o término do estado de calamidade pública. A prorrogação do programa de gratuidade faz parte das ações do governo de amparo  as pessoas em situação de maior vulnerabilidade social, segundo a secretária de desenvolvimento social, Célia Parnes.

Desde março, o Bom Prato passou a servir três refeições diárias (café da manhã, almoço e jantar) em embalagens para retirar, inclusive aos finais de semana. Para jantares durante a semana e marmitas aos sábados e domingos, a prorrogação se estende até 28 de fevereiro.

Assine a Vejinha a partir de 6,90 mensais

Continua após a publicidade

Publicidade