Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Protestos no Chile causam atrasos nos voos no Aeroporto de Guarulhos

Nesta segunda (21), voos com destino a Santiago, no Chile, foram cancelados

Por Rafaela Bonilla Atualizado em 22 out 2019, 10h46 - Publicado em 21 out 2019, 12h43

O Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, amanheceu nesta segunda (21) com atrasos e cancelamentos nos voos com destino a Santiago, no Chile. Em decorrência dos confrontos violentos entre manifestantes e policiais no país andino, passageiros aguardam o posicionamento das companhias aéreas.

A GRU Airport, concessionária responsável pelo Aeroporto Internacional de São Paulo, informa, em nota, que desde a manhã de domingo (20), a sua programação de pousos e decolagens para Santiago, no Chile, está alterada. “A situação excepcional é em função de protestos naquele país.” Até o início da noite de ontem (20), havia 95 voos cancelados e 20 reprogramados.

Por causa do toque de recolher determinado pelo governo do Chile na noite de domingo (20), voos de companhias como Latam e Gol foram suspensos ou sofrem atrasos.

Todos os voos da Latam com origem no aeroporto de Santiago serão cancelados entre as 19h de hoje e as 10h de amanhã (21), com exceção dos voos LA530, LA704 e LA2364, que se destinam a Nova York, Frankfurt e Lima. Os passageiros afetados terão a possibilidade de alterar suas passagens sem multa, até 20 dias após a data original do voo, ou solicitar o reembolso.

A GOL informa que, por conta das greves em Santiago, no Chile, alguns voos podem sofrer alterações nos horários de embarque e desembarque. Em nota, a companhia área diz que estará informando os passageiros das mudanças.

Continua após a publicidade

A companhia aérea chilena SKY Airline, que também está com atrasos nos voos, disponibilizará a mudança da data de viagem sem custo.

Os protestos no Chile foram iniciados na sexta-feira (18) em razão do aumento do preço das passagens do metrô. Apesar do presidente Sebastián Piñera suspender no sábado (19) o aumento do preço das passagens do metrô, ainda não há previsão de uma conciliação.

Com informações de Estadão Conteúdo

+ OUÇA O PODCAST Jornada da Calma, com Helena Galante e Denise Fraga

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês