Continua após publicidade

Previsão de chuva de 120 mm por dia coloca Defesa Civil Estadual em alerta

Entre as regiões que podem ser mais afetadas pelas chuvas que atuavam na Bahia estão Grande São Paulo, litoral norte e Vale do Paraíba

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
30 dez 2021, 19h24

A previsão de fortes chuvas para os próximos dias colocou a Defesa Civil Estadual em alerta. Segundo o governo estadual, algumas regiões devem ter até 120 mm de chuva por dia.

Na lista daquelas que devem receber chuvas intensas estão a Grande São Paulo, litoral norte, Baixada Santista, Vale do Paraíba, Sorocaba, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Franca, Campinas, Barretos e Araçatuba. Nas regiões de Araraquara, Bauru, Itapeva, Marília, Presidente Prudente e Vale do Ribeira, a meteorologia aponta chuvas com volume diário de até 90 mm.

+Ismael Ivo batiza escola técnica de dança no complexo Júlio Prestes

Essas chuvas integram o corredor de umidade que atingiu a Bahia e causou muito estrago por lá, deixando milhares de desabrigados e mortos. Esse corredor de umidade está se aproximando odo Sudeste e já atua no estado de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Em Minas, ela deixou 60 cidades em estado de emergência nesta quarta-feira (29).

Uma nota conjunta emitida no final da tarde desta quinta-feira pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) e o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) indica que a região mais afetada deve ser a localizada ao norte do estado de São Paulo.

Continua após a publicidade

Além das chuvas intensas, que devem gerar grandes acúmulos de água, os órgãos alertam para tempestades isoladas seguidas de fortes rajadas de ventos –de até 100 km/h–, trovoadas e queda de granizo. Além dos alagamentos, a situação pode provocar corte no fornecimento de energia elétrica, queda de árvores e descargas elétricas, alertam os institutos.

+Cidades da Grande SP reajustam tarifa de ônibus para até R$ 6

Segundo análise dos meteorologistas, a situação deve persistir até o próximo domingo, dia 2 de janeiro.

Alerta
O governo estadual informo que equipes das defesas civis Estadual e Municipal, além do efetivo do Corpo de Bombeiros e PM (Polícia Militar) estão de prontidão para atuar em casos de eventuais resgates.

Continua após a publicidade

Também estão de sobreaviso as equipes que lideram diretamente com operações de salvamento, no caso de ser necessário uso de equipamentos especializados, tais como 30 helicópteros e barcos.

O governo estadual recomenda à população que acompanhem os alertas a serem emitidos pelas redes sociais tanto da Defesa Civil Estadual quanto dos Bombeiros.

A maior preocupação é nas áreas de encostas, que podem provocar deslizamentos ou enchentes.
Em caso de emergência ou desastre natural, o governo estadual orienta que as pessoas entrem em contato pelos telefones 190 (Polícia Militar), 193 (Bombeiros) ou 199 (Defesa Civil).

+ Assine a Vejinha a partir de 6,90 mensais

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.