Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Prefeitura faz nova campanha de vacinação após morte de macacos

A Secretaria Municipal da Saúde confirmou que dois saguis e um bugio morreram por causa da febre amarela. Vacinação acontece neste sábado (16)

Por Redação VEJA São Paulo 16 jun 2018, 10h51

Quem ainda não tomou a vacina contra febre amarela tem mais uma chance: neste sábado (16), um posto montado no Parque Villa-Lobos está aplicando essa vacina e também a contra a gripe. O local abriu às 9h, e funciona até as 16h.

Vários postos da Secretaria Municipal da Saúde também abrirão neste dia para aplicar as duas vacinas; confira neste link.

A vacina contra febre amarela estará disponível em todos os postos da capital até 30 de junho. Para receber a dose, é preciso levar documento de identificação e, se possível, carteira de vacinação e cartão SUS.

A campanha foi intensificada após a confirmação de que a morte de três macacos – dois saguis e um bugio -, em maio, foi realmente causada pelo vírus da febre amarela. Eles foram localizados em São Domingos, na Zona Oeste; Cangaíba, na Zona Leste; e Parelheiros, na Zona Sul. Com isso, já são 159 casos de óbitos de macacos provocadas pela doença, desde outubro do ano passado.

No mesmo período, foram confirmados 120 casos em humanos, dos quais catorze foram contraídos na capital. Deles, sete morreram.

Continua após a publicidade

“As confirmações reforçam a importância de ampliar a cobertura vacinal na cidade. É imprescindível que quem ainda não se vacinou procure nossas unidades para estar protegido quando chegar o verão, época de maior atividade dos mosquitos transmissores”, destaca o secretário municipal da Saúde, Wilson Pollara.

A campanha de imunização contra a febre amarela começou no município em outubro do ano passado e havia imunizado 6,6 milhões de moradores até a última quarta-feira (13), o que representa cobertura de 56,8%, percentual bem abaixo da meta de 95%.

SERVIÇO:

Vacinação contra a febre amarela e influenza no Parque Villa Lobos
Quando: sábado (16), das 9h às 16h
Endereço: Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001, Alto de Pinheiros, em frente à portaria principal

Continua após a publicidade

Publicidade