Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Prefeitura autoriza intervenção na gestão do Teatro Municipal

Medida tem como objetivo apoiar a investigação de superfaturamento em serviços prestados para a fundação

Por Veja São Paulo Atualizado em 5 dez 2016, 11h37 - Publicado em 26 fev 2016, 16h35

A prefeitura determinou nesta sexta-feira (26) a intervenção no Teatro Municipal, administrado pela organização social Instituto Brasileiro de Gestão Cultural (IBGC). O decreto se dá em meio à investigação de desvio de recursos públicos durante a gestão do ex-diretor geral da Fundação Theatro Municipal, José Luiz Herencia, que pediu exoneração do cargo em novembro passado.

+ Fique por dentro das últimas da cidade

No decreto, assinado pelo prefeito Fernando Haddad, está autorizada a intervenção em prédios, serviços, bens móveis e imóveis de propriedade do IBGC ou cedidos ao instituto.

+ Nova ferramenta do Google mostra interior do Teatro Municipal

Ainda segundo a decisão, a intervenção tem como fim assegurar a programação de atividades do teatro para 2016 e auxiliar na auditoria da Controladoria Geral da União, que investiga desde dezembro os indícios de superfaturamento nos contratos entre a fundação e seus fornecedores.

O atual diretor-geral da Fundação, Paulo Dallari – empossado no cargo em dezembro -, será o responsável pela intervenção, que deve durar noventa dias, podendo ser prorrogado. A Fundação Theatro Municipal informou que não se manifestará sobre o caso.

Continua após a publicidade
Publicidade