Prefeito de Nova York diz que ódio de Bolsonaro não é bem-vindo por lá

Aliados de Bolsonaro, como Hamilton Mourão e Rodrigo Maia, responderam às críticas

O presidente Jair Bolsonaro desistiu de ir aos Estados Unidos para receber homenagem da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos. Após pressão popular, patrocinadores foram desistindo de se associar ao evento e o mandatário brasileiro anunciou que não compareceria à gala.

Repercutindo a decisão de Bolsonaro no Twitter, o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, comemorou o recuo. “Bolsonaro aprendeu da maneira mais difícil que os nova-iorquinos não fecham os olhos para a opressão. Seu ódio não é bem-vindo aqui.”

Autoridades brasileiras responderam. Rodrigo Maia disse que De Blasio foi tão intolerante quanto o próprio Bolsonaro:

O vice-presidente brasileiro, General Hamilton Mourão, argumentou que Nova York não honrou sua fama de acolher a todos:

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s