Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Edifícios modernistas são destaque em livro

A obra 'O Visível e o Invisível na Arquitetura Brasileira' mostra dezesseis construções

Por Julia Flamingo 20 abr 2017, 20h38

Dezesseis construções emblemáticas são revisitadas no livro O Visível e o Invisível na Arquitetura Brasileira (Editora DBA, 304 páginas, 75 reais), lançado na segunda (24) com cliques de Leonardo Finotti e textos de José Lira. Confira detalhes de alguns ícones modernistas da capital incluídos na obra.

Referência na Paulista: prédio abriga a gigante Livraria Cultura Leonardo Finotti/Veja SP

CONJUNTO NACIONAL
Ano: 1954
Endereço: Avenida Paulista, 2073
Arquiteto: David Libeskind
Curiosidade: em 1978, um incêndio destruiu parte da fachada do prédio, que só passou a ser reconstruída em 1984

Arquitetura diferentona: construção era confundida com fábrica Leonardo Finotti/Veja SP

RESIDÊNCIA VILANOVA ARTIGAS
Ano: 1949
Endereço: Rua Barão de Jaceguai, 1149, Campo Belo
Arquiteto: João Batista Vilanova Artigas
Curiosidade: construída para a família do arquiteto, a casa diferentona era confundida com igreja ou fábrica

Esther: prédio na República foi projetado para receber o escritório da Usina de Açúcar Esther Leonardo Finotti/Veja SP

EDIFÍCIO ESTHER
Ano: 1934
Endereço: Praça da República, 80, centro
Arquitetos: Álvaro Vital Brasil e Adhemar Marinho
Curiosidade: foi criado para sediar o escritório da Usina de Açúcar Esther

IAB: espaço só saiu do papel depois de “vaquinha” entre personalidades Leonardo Finotti/Veja SP

INSTITUTO DE ARQUITETOS DO BRASIL (IAB)
Ano: 1947
Endereço: Rua Bento Freitas, 306, Vila Buarque
Arquitetos: Rino Levi, Roberto Cerqueira César, entre outros
Curiosidade: uma “vaquinha” entre personalidades como Oscar Niemeyer viabilizou a obra

FAU: espaços interligados para criar um ambiente único Leonardo Finotti/Veja SP

FAU-USP
Ano: 1961
Endereço: Rua do Lago, 876, Cidade Universitária
Arquitetos: João Batista Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi
Curiosidade: todos os espaços do prédio são interligados para reforçar a convivência

Continua após a publicidade
Publicidade