Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Polícia rodoviária apreende quase três toneladas de maconha

Carga seguia do Mato Grosso do Sul para Ribeirão Preto e, de lá, seria distribuída para o resto do país, incluindo a capital

Por Redação Veja São Paulo 14 abr 2017, 18h42

A Polícia Rodoviária prendeu nesta sexta (13) um caminhoneiro que transportava quase três toneladas de maconha no quilômetro 411 da Rodovia Miguel Jubran, na região de Assis, a 440 quilômetros de São Paulo.

O caminhão, com placas de Cuiabá, Mato Grosso, havia saído de Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul, e seguiria para Ribeirão Preto. De lá, a droga seria levada para outras partes do país, incluindo a capital paulista.

A prisão ocorreu quando os agentes que patrulhavam a rodovia sentiram um forte cheiro de maconha vindo do veículo. Ao ser parado pelos policiais, o motorista, muito nervoso, negou que a carga fosse ilícita, mostrando uma nota fiscal na qual constava apenas um carregamento de papelão.

Os policiais escoltaram o caminhão até a Base Operacional de Assis, onde foi feita uma vistoria minuciosa. Ali, constataram, em meio a cargas de papelão, 2 856 tabletes de maconha, totalizando 2 800 quilos.

No final, o motorista admitiu que a droga era uma encomenda e que receberia 20 000 reais para fazer a entrega em Ribeirão. Ele foi encaminhado à Cadeia Pública de Lutécia, cidade vizinha de Assis, onde permaneceu à disposição da Justiça.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade