Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Polícia procura por suspeito de matar aluna da Unicamp no interior

Homem sofre de esquizofrenia e esfaqueou jovem 28 vezes; ele também tentou matar outra mulher a tiros

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 17 Maio 2022, 17h50 - Publicado em 17 Maio 2022, 17h49

A polícia busca por um homem de 28 anos suspeito de matar a estudante universitária Mayara Roquetto Valentim, de 23 anos, no último domingo (15), em São João da Boa Vista, no interior. O corpo da jovem foi enterrado nesta terça-feira (17).

+Passageiros são arremessados de balão com rajada de vento

Estão empenhados na caçada pelo suspeito mais de 40 policiais. Eles também usam cães farejadores para tentar localizar o suspeito do crime.

Estudante de Ciências Biológicas na Unicamp, Mayara morava em Campinas e foi até a sua cidade natal para visitar os pais no final de semana, segundo informações do portal G1.

Por volta das 10h30 do domingo, ela saiu de casa sozinha para fazer uma caminhada numa região conhecida como Vale dos Gnomos, um ponto turístico da região distante a 3,9km da casa dos pais dela. As 28 facadas que ela recebeu atingiram diversas partes do seu corpo, tais como cabeça, tórax, mão e braço. Seu corpo só foi localizado horas depois, à noite.

+Espaços culturais da prefeitura poderão receber cafés e restaurantes

A polícia conseguiu chegar a identificação do autor do crime após analisar imagens de câmeras de segurança do local onde ele morava, uma pensão. Ainda no sábado (14), segundo as investigações, ele tentou matar uma vizinha, mas a arma usada no crime falhou. Logo depois ele teria ido para o Vale dos Gnomos, onde pernoitou.

A diretoria do Instituto de Biologia da Unicamp decretou luto de três dias pela morte da s ua ajuda. Segundo a universidade, ela ingressou no curso em 2017. “Foi uma aluna extremamente participativa no curso e querida por colegas de sala e docentes. Mayara nos deixa com 23 anos e muita saudade. Aos familiares, amigos e colegas enlutados, nossos mais sinceros sentimentos”, informa trecho da nota.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)