Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Polícia pede prisão de jovem suspeito de atropelar namorada

Lorraine Gabriele Jugni Camargo, 18 anos, foi levada com vida à Santa Casa de Itatiba, mas não resistiu aos ferimentos

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 7 fev 2018, 21h01 - Publicado em 7 fev 2018, 20h46

A Polícia Civil investiga a morte violenta de uma estudante em Itatiba, a oitenta e seis quilômetros da capital. Lorraine Gabriele Jugni Camargo, 18 anos, foi atropelada por volta das 23 horas da sexta (2) no bairro Vila Santa Luzia. O principal suspeito pelo crime é Leonardo Daniel de Oliveira, namorado dela.

A jovem foi levada à Santa Casa do município com diversas fraturas e cortes na cabeça e nas costas, mas não resistiu e morreu na madrugada do sábado (3).

  • Vizinhos indicam que o carro passou várias vezes sobre ela. De acordo com o boletim de ocorrência, uma testemunha disse ter ouvido gritos e, em seguida, o barulho de um carro acelerando. A polícia identificou e apreendeu o carro usado no crime depois de uma busca pela região. Após uma perícia, foram encontrados no veículo sangue e fios de cabelo que podem ser de Lorraine

    O caso foi registrado como feminicídio. A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí pediu a prisão preventiva do suspeito.

    Continua após a publicidade
    Publicidade