Clique e assine por apenas 6,90/mês

Polícia encontra carro com que suspeito de matar família pode ter fugido

Outro automóvel utilizado após o assassinato do ator Rafael Miguel e seus pais já havia sido achado no dia 11

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 15 Jun 2019, 14h36 - Publicado em 15 Jun 2019, 14h25

Um carro que pode ter sido usado na fuga do comerciante Paulo Cupertino Matias, principal suspeito de ter matado ator Rafael Miguel e os pais do adolescente, foi encontrado na sexta (14) pela Polícia Civil. Outro automóvel utilizado logo após o crime já havia sido encontrado na terça (11). Matias está foragido.

O assassinato ocorreu no domingo (9), em Pedreira, na Zona Sul de São Paulo. Segundo o registro de boletim de ocorrência, Rafael chegou à casa da namorada, filha de Matias, acompanhado pelos pais João Alcisio Miguel e Miriam Selma Miguel.  De acordo com os parentes, eles haviam marcado uma conversa para falar sobre o relacionamento.

Quando Rafael e os pais ainda estavam do lado de fora do portão, Matias os teria surpreendido e, sem dizer nada, matado os três a tiros, segundo o boletim de ocorrência.

Um vídeo divulgado pela TV Globo, gravado pela câmera de segurança de um posto de gasolina na segunda (10), mostra o novo carro encontrado sendo abastecido.

Continua após a publicidade

O combustível foi pago por uma parente do criminoso, de acordo com a Polícia. Segundo a investigação, a dona do carro, que não é parente, afirma não conhecer o suspeito. Não era possível, pelas imagens, ver se havia mais de uma pessoa no carro.

Publicidade