Clique e assine por apenas 6,90/mês

Polícia Civil descobre cemitério clandestino em Mauá

Foram encontrados quatro corpos, possivelmente executados em 'tribunais do crime' de uma organização criminosa cujo nome não revelado

Por Redação VEJA São Paulo - 9 Oct 2017, 20h45

A Polícia Civil descobriu na manhã desta segunda (9) um cemitério clandestino em Mauá, a 26 quilômetros da capital. Há suspeitas de que os corpos sejam de pessoas executadas por uma organização criminosa.

O terreno no Jardim Itasussu foi descoberto durante a investigação de um roubo. Foram encontrados quatro corpos, de três homens e uma mulher, possivelmente executados em ‘tribunais do crime’ por conflitos com a organização. As mortes teriam acontecido no mesmo lugar onde os corpos foram encontrados.

De acordo com o delegado Antônio José Pereira, da 1ª Delegacia de Polícia de Investigações sobre Roubos e Latrocínios, as mortes aconteceram no final de setembro. O Corpo de Bombeiros e a Guarda Municipal local também participaram da retirada dos cadáveres, que estavam dentro de uma mesma vala.

Publicidade