Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Penitenciária de São Paulo elege “Miss Primavera”

Ao todo, 24 mulheres participaram dos desfiles e uma traficante ficou com o primeiro lugar

Por Redação Atualizado em 27 dez 2016, 15h00 - Publicado em 6 nov 2016, 12h24

Detentas da penitenciária de Piraju, no interior de São Paulo, participaram de um concurso que mudou a rotina do lugar. O evento, batizado de “Miss Primavera 2016”, faz parte de um programa de ressocialização das presas.

A vencedora, uma jovem de 20 anos, detida preventivamente por tráfico de drogas, diz que o mais importante em um momento como esse é a mulher se sentir bonita. “Não importa o lugar em que estou, importa que eu estou mostrando a minha beleza”, afirmou Nathally Castanho Lopes, cujos advogados tentaram um habeas corpus na Justiça, em setembro deste ano, mas a solicitação foi negada. Ela ainda não foi julgada. 

Boa noite, cinderela: amigos sofrem golpe de garotas em bar na capital

A unidade prisional do interior também elegeu a “Miss Primavera Plus Size”. Nessa categoria, a vencedora foi Camila Soares Viana, de 27 anos, que comemorou o feito. “Estou explodindo de felicidade”, disse. A detenta levou, juntamente com as outras vinte e três participantes, kits de maquiagem e tratamentos de beleza.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade