Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Patrocinadora do Carnaval 2018 é anunciada pela prefeitura

Empresa vencedora foi a Dream Factory, a mesma investigada pelo Ministério Público no ano passado

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 9 jan 2018, 20h50 - Publicado em 9 jan 2018, 19h49

Na tarde desta terça (9), a Comissão responsável pelo edital do Carnaval de Rua realizou mais uma etapa do processo de seleção para a parceria oficial do evento. A empresa Dream Factory foi a vencedora e será responsável pela operação da festa. Na fase de lance, a interessada ofereceu o valor de 402 500 reais, que será encaminhado como doação ao Fundo Especial da de Promoção de Atividades Culturais (FEPAC). 

Parceira da Ambev, a Dream Factory também organizou o carnaval de 2017. No ano passado, o Ministério Público investigou a licitação, encontrou diversas irregularidades e, em novembro, pediu a condenação e a suspensão dos direitos políticos de três secretários do prefeito João Doria: André Sturm, da Cultura, Júlio Semeghini e Bruno Covas, ambos da secretaria de governo. O MPSP ajuizou ação civil de responsabilidade pela prática de improbidade administrativa contra a Prefeitura de São Paulo e seus secretários.

A Prefeitura de São Paulo esclarece que não houve irregularidades no processo de escolha do patrocinador do carnaval de 2017. Segundo comunicado enviado pela assessoria de imprensa, no edital publicado pela gestão anterior, previa que “Os itens especificados na proposta selecionada serão objeto de avaliação e eventual alteração por parte da Secretaria, em conjunto com o(s) proponente (s) selecionado(s), para compatibilização com o planejamento definido pela organização do evento”. A proposta de 15 milhões de reais venceu a oferta de 8 milhões de reais. Por isso somente a primeira foi convidada a fazer a readequação

De acordo com a equipe da Secretaria Municipal das Prefeituras Regionais, diferentemente do carnaval do ano passado, a seleção não ocorreu pelo valor da proposta, mas pela capacidade de fornecer infraestrutura. O patrocinador terá que oferecer uma estrutura com ambulâncias, UTI’s móveis, agentes de limpeza, apoio de trânsito, banheiros químicos, câmeras de segurança. Em contrapartida, a empresa poderá fazer propaganda.

Após a seleção, haverá três dias para apresentação de recursos. A empresa responsável terá o prazo de dez dias úteis, a partir da publicação do Termo de Parceria, para efetuar a doação.

O Carnaval de Rua 2018 começa no primeiro fim de semana de fevereiro e termina no dia 18. A Prefeitura estima um público de 4 milhões de pessoas durante a folia. As informações sobre trajetos e blocos inscritos devem ser publicadas em Diário Oficial na próxima semana.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)