Operação prende policiais envolvidos em roubos de carga

A força-tarefa cumpre ainda 22 mandados de busca e apreensão de documentos, bens e veículos

Uma operação do Ministério Público de São Paulo, com apoio das polícias Civil e Militar, cumpre dezessete mandados de prisão temporária contra envolvidos em roubos de cargas em sete municípios da região de Campinas, no interior de São Paulo.

Entre os alvos estão dois policiais militares, um policial civil e um guarda municipal, que já foram detidos. A força-tarefa, com integrantes do Grupo de Ações Especializadas Contra o Crime Organizado (Gaeco) do MP e do Batalhões de Operações Especiais de Polícia (Baep), cumpre ainda 22 mandados de busca e apreensão de documentos, bens e veículos.

Veja também

A região concentra o maior número de roubos de cargas de alto valor no Estado. Corregedores das polícias Civil e Militar acompanham as ações. De acordo com as investigações que resultaram na chamada “Operação Vidocq”, referência a um filme policial com esse nome, os criminosos abordavam as vítimas dos roubos simulando uma blitz da Polícia Militar.

Para isso, os assaltantes se apresentavam usando fardas da corporação. Os mandados são cumpridos em Campinas, Paulínia, Sumaré, Hortolândia, Nova Odessa, Artur Nogueira e Cosmópolis.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s