Operação destrói mais de 1 000 máquinas de jogos de azar

O grupo atuava na Zona Sul e em áreas nobres da cidade de São Paulo

O Ministério Público (MP) em São Paulo e a Polícia Militar (PM) deflagraram nesta segunda-feira (15) operação para desarticular uma organização criminosa que atuava na exploração ilegal de jogos de azar com apoio de agentes públicos e lavagem de dinheiro. O grupo atuava na Zona Sul e em áreas nobres da cidade de São Paulo.

O balanço do MP indicou que, de um total de 1 054 máquinas, quinze foram apreendidas e outras 1 038, destruídas. Vinte promotores de Justiça e 208 policiais militares cumpriram 35 mandados de busca e apreensão e nove de prisão temporária expedidos tanto pela Justiça Comum como pela Justiça Militar. Entre as cinco prisões efetivamente realizadas, quatro são de integrantes da PM.

A operação conjunta também tem apoio do Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) e da Corregedoria da corporação. A Polícia Técnica e servidores da Prefeitura de São Paulo também colaboraram na ação.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s