Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Na Baixada Santista, temporal causa dez mortes, afirma Defesa Civil

Das mortes, sete ocorreram em Guarujá, uma em Santos e duas em São Vicente. Duas pessoas estão desaparecidas

Por Rafaela Bonilla Atualizado em 3 mar 2020, 11h50 - Publicado em 3 mar 2020, 11h17

Ao menos dez pessoas morreram na Baixada Santista na madrugada desta terça-feira (3) em decorrência às fortes chuvas fortes que atingem a região desde a tarde de ontem. Duas pessoas estão desaparecidas.

Segundo a Defesa Civil do Estado, o principal local com registro de mortes é o Guarujá: até o momento foram registradas sete mortes nesta cidade, quatro delas no Morro do Macaco Molhado. Um caso de morte foi registrado em Santos e outros dois em São Vicente, totalizando na Baixada Santista dez mortes.

A região também teve diferentes pontos de deslizamentos de terra e alagamentos. A previsão para toda a terça-feira é de chuva moderada a forte em todo o litoral São Paulo. Isso inclui toda a região da Baixada Santista, diz a Defesa Civil. Durante a noite de terça-feira, o risco de chuva forte na região diminui.

O governador João Doria, na manhã desta terça, prestou solidariedade às vítimas em sua conta no Twitter. “Minha solidariedade aos moradores da Baixada Santista que sofrem com as fortes chuvas desde ontem. Lamentavelmente, até o momento, há 9 mortos confirmados. Temos 1 herói do Corpo de Bombeiros entre as vítimas. A Defesa Civil, Bombeiros e PM estão dando suporte às prefeituras.”

Continua após a publicidade

Publicidade