Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Mutirão contra catarata deixa pacientes cegos

Procedimentos foram realizados em São Bernardo e parte dos 27 pacientes atendidos perdeu a visão

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 5 dez 2016, 11h40 - Publicado em 5 fev 2016, 15h40

Um mutirão de cirurgias de cataratas no Hospital de Clínicas do Alvarenga, em São Bernardo do Campo, no ABC paulista, infectou 21 dos 27 pacientes que se submeteram ao procedimento. A Secretaria Municipal de Saúde admite que parte dos infectados ficou cega, mas não informa o número exato.

+ Rua da PUC tem cenário de caos após festa irregular

As operações foram realizadas no último sábado (30). As reações nos pacientes começaram no dia seguinte. A secretaria classificou as complicações como um “episódio pontual” e informou que houve um “evento adverso” nas cirurgias, o que causou a “infecção ocular”. Os procedimentos foram feitos, segundo o órgão, por médico de empresa terceirizada pelo município.

A pasta afirmou ainda que foi aberta sindicância para apurar o caso e que vem tomando medidas de assistência aos pacientes e familiares. No ano passado, houve 946 cirurgias de catarata sem registro de complicações, segundo a secretaria.

Continua após a publicidade
Publicidade