Clique e assine por apenas 5,90/mês

Mulher empurra padre Marcelo Rossi do altar em Cachoeira Paulista (SP)

Religioso participava de missa de encerramento do acampamento PHN (Por Hoje Não Vou Mais Pecar)

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 14 jul 2019, 18h56 - Publicado em 14 jul 2019, 17h52

Neste domingo (14), por volta das 14h50, o padre Marcelo Rossi foi empurrado do altar durante uma missa, realizada na cidade de Cachoeira Paulista, interior de São Paulo (confira abaixo o vídeo). O religioso falava sobre a importância de se deixar ser conduzido por Jesus, quando a anônima surgiu e, pelas costas, avançou sobre ele.

No vídeo, que circula nas redes socais, é possível ver a cena e também observar os fiéis, cerca de 50 000 mil pessoas, atônitos diante do ocorrido. Apesar da queda, o padre não sofreu ferimentos. A mulher, que tem 40 anos e integra um grupo que veio do Rio de Janeiro para o evento, foi conduzida para a delegacia de Lorena (SP). Segundo a polícia, seus acompanhantes alegaram que ela sofre de transtornos mentais.

 

Continua após a publicidade
Publicidade