Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Movimentos sindicais farão protesto na Paulista nesta segunda (28)

Ato acontecerá em frente ao prédio da Petrobras

Por Redação VEJA São Paulo 28 Maio 2018, 17h41

A Frente Brasil Popular, que reúne cerca de oitenta movimentos sindical e sociais do campo e da cidade, marcou um ato para esta segunda-feira (28), às 18h, em frente ao prédio da Petrobras, na Avenida Paulista, 901.

“Entre as bandeiras de luta, os movimentos são contra as altas consecutivas dos preços do diesel, da gasolina, do etanol e do gás”, diz a instituição, em nota. “Da mesma forma, as entidades combatem a atuação do Exército brasileiro para intimidar as paralisações e a postura de alguns setores que exigem intervenção militar, na perspectiva de um novo golpe”.

“Nossa luta se une à paralisação dos caminhoneiros e é contra esta política de preço que a Petrobras vem aplicando, que leva à alta dos preços dos derivados como, por exemplo, da gasolina e do gás de cozinha”, diz Cibele Vieira, secretária de administração e finanças da Federação Única dos Petroleiros (FUP). “Não tem porque continuarmos aceitando essa política de preço voltada ao lucro das grandes empresas estrangeiras e não para as necessidades do povo brasileiro”. A instituição também faz parte da direção da Central Única dos Trabalhadores de São Paulo (CUT-SP).

O ato desta segunda-feira (28) em São Paulo é um dos muitos previstos para a semana já que os petroleiros anunciaram greve de 72 horas a partir da próxima quarta-feira (30).

  • Continua após a publicidade
    Publicidade