Clique e assine com até 89% de desconto

Motoristas paralisam atividades contra reforma da Previdência

Durante a suspensão temporária, os funcionários vão realizar assembleias nas garagens das empresas

Por Estadão Conteúdo 19 fev 2018, 09h19

Os motoristas de ônibus de Sorocaba e região paralisaram as atividades na manhã desta segunda-feira, 19, em protesto contra a reforma da Previdência. A previsão é que o transporte volte a circular a partir das 8h.

 

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Sorocaba e Região tinham planejado uma paralisação para o dia inteiro. Porém, após a retirada da PEC da pauta na Câmara – devido ao decreto de intervenção militar no Rio de Janeiro -, a greve foi suspensa e a categoria decidiu manter um protesto somente no início da manhã.

Durante a suspensão temporária, os funcionários vão realizar assembleias nas garagens das empresas. O protesto abrange empresas de todos os setores do transporte (urbano, intermunicipal, rodoviário, de fretamento e de cargas) nos 42 municípios que compreendem a base de representação do sindicato, ou seja, de Araçariguama até Itararé, passando pelos municípios das regiões de Sorocaba, São Roque, Itapetininga e Itapeva.

Continua após a publicidade
Publicidade