Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Morre o arquiteto e urbanista Flavio Villaça, aos 91 anos

O professor emérito da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP já participou da construção de diversos planos diretores municipais

Por Redação VEJA São Paulo 30 mar 2021, 16h32

O arquiteto e urbanista Flávio Villaça morreu aos 91 anos nesta segunda-feira (29). Ele era professor emérito da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP) e já participou da construção dos planos diretores de alguns municípios.

De acordo com a arquiteta Raquel Rolnick, Villaça estava doente e morreu em casa, na cidade de São Paulo. Autor dos livros O que todo cidadão precisa saber sobre habitação, Espaço intra-urbano no Brasil e As ilusões do Plano Diretor, entre outros, também atuou como consultor da prefeitura da capital e do governo estadual.

A FAU-USP lamentou o falecimento do docente em suas redes sociais. “Faleceu Flávio Villaça, professor da FAUUSP. Formou gerações de urbanistas e pesquisadores sobre a cidade. Escreveu livros que são referência obrigatória para se pensar as cidades. Se suas ideias são fundamentais, essenciais e polêmicas, a sua postura afável e cordial é uma unanimidade. Uma grande perda para todos nós”. 

Nas redes sociais, outras entidades e arquitetos também comentaram a perda de Flávio Villaça.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

 

Continua após a publicidade
Publicidade