Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Morre, aos 76 anos, vereador Arnaldo Faria de Sá

Político também exerceu oito mandatos como deputado federal

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 16 jun 2022, 18h19 - Publicado em 16 jun 2022, 12h29

O vereador Arnaldo Faria de Sá (PP), morreu na madrugada desta quinta-feira (16), em São Paulo, aos 76 anos. Ele estava internado no hospital Vila Nova Star, da Rede D’Or, na Vila Nova Conceição, Zona Sul da capital. O motivo da morte não foi informado.

+Corpus Christi: veja o que abre e fecha em SP no feriado

Em nota, o hospital informou que Faria de Sá estava internado desde o dia 6 de junho na unidade. Ele foi diagnosticado com Covid-19, porém, a doença foi descartada como a causa da morte.
“O Vila Nova Star lamenta a morte do vereador e se solidariza com a família e os amigos do parlamentar”, informa nota da Rede D’Or.

O parlamentar deixa a esposa, duas filhas e três netos. Seu corpo será velado no Cemitério de Congonhas, na Zona Sul da capital,  a partir das 18h desta quinta, e o sepultamento acontecerá às 10h desta sexta-feira (17), no mesmo local.

Nascido em São Paulo no dia 30 de dezembro de 1945, antes de entrar para a vida pública Faria de Sá foi office-boy. Mais tarde, formou-se em advocacia e contabilidade. Chegou a lecionar até que, em 1987, aos 42 anos, elegeu-se deputado federal pela primeira vez e participou da Constituinte (1987-1991). Seus oito mandatos foram consecutivos, até 2019.

Nesse meio tempo, atuou como secretário municipal de Esportes, de Governo e, depois de sair de Brasília, foi subprefeito do Jabaquara, na Zona Sul, até se eleger vereador, em 2020.

+Concessionária descobre sítio arqueológico em obra do metrô

Entre as suas maiores bandeiras parlamentares estavam a defesa da Previdência e do direito dos idosos. Foi um dos responsáveis pela criação das delegacias especializadas para esse público.

Continua após a publicidade

A morte foi lamentada pelo diretório do seu partido.

Vários políticos também manifestaram pesar pela morte de Faria de Sá, entre eles o presidente da Câmara de Vereadores, Milton Leite (União Brasil). “Na Câmara Municipal de São Paulo era o presidente da Comissão do Idoso e Assistência Social. Fará muita falta como vereador parceiro e combativo na luta pela aprovação dos Projetos de Lei importantes para São Paulo”, escreveu, em nota.

Em nota, o prefeito Ricardo Nunes (MDB), informou ter recebido a notícia da morte de Faria de Sá com “profundo pesar”. Ele lembrou da trajetória do parlamentar e lembrou as bandeiras que ele defendia. “Homem público que dedicou os mandatos eletivos à defesa dos direitos dos idosos, aposentados e pensionistas”, diz trecho da nota. “Em nome da cidade de São Paulo, nossos profundos sentimentos à família, parentes e amigos.”
A Lusa, time que Faria de Sá ocupou diversos cargos, também lamentou a  morte de seu membro nato.

Até a conclusão desse texto não foram divulgados detalhes sobre o velório e enterro do parlamentar.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)