Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Morador de rua morre eletrocutado durante temporal em São Paulo

O rapaz de 22 anos sofreu um descarga elétrica quando tentava se abrigar da chuva em um ponto de ônibus na Avenida Rio Branco

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 14 fev 2020, 15h45 - Publicado em 9 jan 2020, 10h27

Um homem de 22 anos morreu eletrocutado durante um temporal na madrugada desta quinta-feira (9), em São Paulo. O rapaz foi identificado como Caíque Moraes da Silva. Segundo a polícia, ele era morador de rua e chegou à capital paulista três anos atrás, vindo de Goiânia. As informações são do G1.

O rapaz morreu no dia que completou 22 anos de idade. Ele sofreu um descarga elétrica quando tentava se abrigar da chuva em um ponto de ônibus. Ele subiu em uma grade e escorregou ao lado de um poste de iluminação pública, na Avenida Rio Branco, região Central da capital paulista, por volta das 0h. O homem levou um choque e morreu na hora. Caíque estava acompanhado de um colega, que também sentiu a descarga elétrica — mas conseguiu sair. “Eu atravessei, pulei, ele não conseguiu pular”, relatou ao SPTV. “Eu sou sobrevivente, graças a Deus”.

Corpo de Bombeiros deslocou três equipes para atender a ocorrência, mas os profissionais não conseguiram salvar o morador de rua, que foi encontrado já sem vida. Segundo a Enel, o poste é de responsabilidade do Ilume, o Departamento de Iluminação da Prefeitura de São Paulo.

 

Continua após a publicidade

Publicidade