Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

MC Neguinho JM é morto pela PM na Zona Sul de São Paulo

Ele foi morto durante perseguição policial, e corporação alega que houve troca de tiros. "A minha missão é provar que ele não é um bandido", afirma irmã

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 6 jul 2022, 11h46 - Publicado em 5 jul 2022, 10h44

David Meirelles Miranda, de 19 anos, conhecido como MC Neguinho JM, foi morto no último sábado (2) após ser atingidos por tiros de um agente durante uma perseguição policial. O caso ocorreu no Jardim Maria Sampaio, na região do Campo Limpo, Zona Sul de São Paulo.

+ Leo Lins é demitido do SBT após “piada” sobre criança com hidrocefalia

Vídeos de câmeras de segurança obtidos pela TV Globo mostram o momento em que o jovem foi atingido. Ele pilotava uma moto, não usava capacete e estava desarmado. Policiais aparecem logo atrás e atiram no tórax e na perna de David. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu.

Um outro homem que estava com ele na garupa da moto começou a atirar nos policiais, e também foi atingido por disparos. Agora, está internado em estado grave. A PM afirma que houve troca de tiros.

Nas redes sociais, familiares do MC pedem justiça. Sua irmã, Bianca Meireles, fez diversas publicações manifestando tristeza por sua morte e afirmou no Instagram: “Foi uma injustiça o que aconteceu com ele, só peço que ele descanse em paz. A minha missão é provar que ele não é um bandido, que ele não é ladrão”.

Ele foi enterrado no Cemitério da Paz, em Embu das Artes, na última segunda-feira (4). O caso será investigado pelo Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que a Corregedoria da Polícia Militar também instaurou um Inquérito Policial para apuração e que os agentes envolvidos na ocorrência foram afastados do trabalho operacional. “As diligências prosseguem para esclarecer todas as circunstâncias relativas aos fatos”, acrescentou o órgão.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês