Masp aumenta valor da entrada a partir de sexta (16)

Último reajuste no preço do ingresso tinha ocorrido em 2016

A partir de sexta (16), a entrada no Masp passará a custar R$ 35,00. Até a referida data, o ingresso era R$30,00, com meia-entrada de R$ 17,00.

Procurada pela VEJA SP, a instituição justificou o motivo do aumento por meio de uma nota.

O MASP é um museu privado, e a bilheteria constitui, portanto, uma importante fonte de receitas para compor o orçamento do museu. De 2006 a 2015, o MASP manteve o valor do ingresso inalterado, apesar da alta inflação do período. Desde então, nos últimos dois anos, buscamos recompor o valor da entrada tendo em vista a perda de valor relativa a esses anos. Além disso, houve um aumento substancial no investimento curatorial, com a realização de grandes exposições com empréstimos de obras internacionais, como ‘Toulouse Lautrec em Vermelho’ e ‘Histórias da Sexualidade’, bem como com a oferta de um amplo programa de mediação totalmente gratuito, incluindo seminários internacionais, palestras, ciclos de cinema, oficinas, shows de música, entre outros, resultando em seguidos recordes de público nos últimos anos. É importante notar ainda que o MASP oferece entrada gratuita às terças-feiras, e possui o programa de amigos mais barato entre museus do Brasil, oferecendo aos seus membros entrada ilimitada e sem filas”.

A última mudança no preço do ingresso da instituição paulistana foi 2016, quando o preço passou de R$20,00 para R$ 30,00.

Apesar das mudança nos valores, a gratuidade das crianças de até 10 anos foi mantida.

EXPOSIÇÕES EM CARTAZ

 

Masp cavaletes Os antigos cavaletes do Masp, projetados por Lina Bo Bardi

Os antigos cavaletes do Masp, projetados por Lina Bo Bardi (Divulgação/Divulgação)

Duas mostras estão em exibição no museu, são elas: Tunga – O Corpo em Obras e Acervo em Transformação. A primeira traz obras do artista pernambucano (1952-2016) que se relacionam à sexualidade e o corpo. A segunda mostra importantes trabalhos do acervo nos cavaletes de vidro da arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi (1914-1992).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s