Clique e assine por apenas 6,90/mês

Lula passa mal após declarar que vai se entregar à PF

Segundo a senadora Gleisi Hoffmann, ele teve uma indisposição devido ao forte calor

Por Redação VEJA São Paulo - 7 Apr 2018, 13h43

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou mal neste sábado (7) após encerrar o discurso no carro de som em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo. Nele, Lula anunciou que vai cumprir o mandado de prisão e se apresentar à Polícia Federal.

Minutos após o petista deixar o local, carregado no ombro por militantes, o locutor do carro de som chegou a pedir, no microfone, por algum médico que estivesse presente, dizendo que Lula estava passando mal. Pouco depois, anunciou que ele já havia recebido atendimento.

A senadora Gleisi Hoffmann informou que ele teve uma indisposição por causa do forte calor, mas que já estava se recuperando. No momento, o ex-presidente está almoçando com aliados no segundo andar do sindicato, com janelas e corredores cobertos por panos.

Publicidade