Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Lixeiro reclama da falta de cuidado da população e post viraliza

Maxsuel dos Santos relatou ter se cortado três vezes durante o trabalho e contabilizou mais de 100 000 reações na rede social

Por Guilherme Queiroz Atualizado em 3 dez 2018, 19h37 - Publicado em 3 dez 2018, 19h35

Um post feito por um morador de uma pequena cidade do Rio Grande do Sul viralizou no Facebook nas últimas semanas. Na publicação, que conta com quase 200 000 compartilhamentos, o lixeiro Maxsuel dos Santos reclama da falta de cuidado da população na hora de descartar o lixo contendo objetos cortantes.

Facebook/Reprodução/Veja SP

Já é o terceiro corte fundo em menos de três meses!”, relatou ele, que em seguida orienta os internautas sobre como evitar esse tipo de acontecimento: “Não coloquem vidro misturado no lixo, botem dentro de garrafa pet (…) Se todo mundo colaborar esse tipo de acidente não acontece !”.

Para o professor do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária do Centro Universitário Senac, Fernando Rodrigues da Silva, o cuidado deve ser redobrado com objetos como o vidro, e também latas e itens de metal que apresentem pontas: “Não é só o vidro que pode provocar cortes nos catadores”.

“No caso de materiais frágeis que quebraram, o ideal é embrulhar em materiais grossos, e deixar marcado que ali contém objeto cortante”, orientou Silva. Os responsáveis pelo descarte em casa podem usar também outros objetos para colocar o vidro, como foi orientado por Santos: “Pode colocar também dentro de uma caixa de leite ou uma garrafa plástica, mas sempre identificando que ali contém vidro”.

O professor também deu dicas sobre como descartar corretamente o lixo, confira:

  • Os recicláveis: quase tudo hoje pode ser considerado reciclável. Os papéis (exceto higiênico e absorventes de cozinha que contenham gordura), metais, plásticos e também vidros.
  • Como separar: é importante ter uma coleta só com orgânicos, outra com os recicláveis, e separar também os que não se enquadram em nenhuma das categorias anteriores, como pilhas e lâmpadas, que precisam ser levados para locais específicos.
  • Lavar o reciclável: o ideal é que ocorra a lavagem antes do descarte do reciclável, pois pessoas manusearão esses materiais. Se tem resto de comida, pode apodrecer e atrair vetores (mosquitos, baratas e ratos). Sempre deve passar uma água para tirar o excesso antes de colocar no saco de lixo.
  • Evitando acidentes: as latas que podem ser abertas com abridores ficam com pontas perigosas. É importante isolar as extremidades que ficam na tampa dentro da própria lata, ou embrulhar no papel. Essa dica também é importante para os sacos plásticos usados para colocar o lixo, se itens pontudos são colocados de qualquer jeito, pode ser que o saco rasgue.
Continua após a publicidade

Publicidade