Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Líder de igreja passa mal e morre; ao saber da notícia, pai também falece

João Dias sofreu uma parada cardíaca ao saber da morte do filho, Eduardo

Por Redação VEJA São Paulo 25 out 2021, 12h18

Eduardo Dias, líder de uma igreja evangélica em São Roque, no interior de São Paulo, morreu aos 45 anos após passar mal durante um evento no último sábado (23). O pai dele, ao saber da morte do filho, também passou mal e não resistiu.

O homem realizava um culto para casais. Depois de falar na cerimônia, ela desmaiou na cozinha da igreja e foi encaminhado para a Santa Casa da cidade, mas acabou morrendo. O pai de Eduardo, João Dias, foi até o hospital e depois de receber a notícia de que o filho havia falecido, teve uma parada cardíaca e também morreu.

Pai e filho foram enterrados em um cemitério na cidade de Mairinque no último domingo (24). A Igreja Evangélica Novo Israel lamentou a perda. 

Continua após a publicidade

Publicidade