Clique e assine por apenas 6,90/mês

Laudo do IML apontou álcool e antidepressívos no corpo de modelo

Corpo de Aline Furlan foi encontrado em carro capotado após cerca de 15 dias de busca; resultado foi divulgado pela polícia nesta quinta (18)

Por Veja São Paulo - Atualizado em 1 jun 2017, 16h00 - Publicado em 18 ago 2016, 18h13

Uma combinação de álcool com Trazodona, elemento presente em antidepressivos, pode ter causado o acidente que matou a modelo Aline Furlan, de 28 anos, no mês passado. Segundo o laudo, a combinação destes dois ativos pode causar sonolência. A delegacia de Investigações Gerais (DIG) recebeu hoje a resposta do IML que atesta que a jovem morreu de politraumatismos. Não foi possível confirmar o dia do acidente por conta do estado de decomposição do corpo de Aline. O orgão ainda aguarda o laudo técnico com a perícia do veículo.

+ Imagem de menino resgatado em bombardeio na Síria comove a internet

Aline Furlan modelo piracicaba 3
Aline Furlan modelo piracicaba 3

A jovem tinha 28 anos e foi encontrada no dia 31 de julho dentro de um Toyota Corolla Bege capotado em uma ribanceira, na divisa entre os municípios de Piracicaba e Santa Bárbara d’Oeste, no interior de São Paulo. A jovem estava desaparecida desde o dia 15 de julho.

+ Nadador se envolveu em briga em posto de gasolina, diz TV americana

Aline Furlan modelo piracicaba 2
Aline Furlan modelo piracicaba 2

Moradora de Santa Bárbara d”Oeste, Aline fazia trabalhos para a marca de roupas italiana Altalana. Ela foi vista pela última vez saindo de um bar no bairro Vila Rezende, em Piracicaba. Segundo testemunhas, ela foi sozinha para o carro e seguiu no veículo para a rodovia Luiz de Queiroz. Os pais da garota chegaram a fazer uma página no Facebook para tentar localizá-la.

 

Continua após a publicidade
Publicidade