Clique e assine por apenas 6,90/mês

Ladrões de residência são presos com 200 000 dólares em mochila

A dupla viajava de Foz do Iguaçu no Paraná para o Terminal Rodoviário da Barra Funda

Por Mariana Rosario - 15 Jun 2017, 17h07

Uma dupla de ladrões de residências foi presa em flagrante na tarde desta quinta (15) em um ônibus na cidade de Avaré, a 270 quilômetros da capital. O destino da viagem era o Terminal Rodoviário da Barra Funda. Os dois haviam assaltado uma casa de orientais na noite de quarta, 14, em Foz Do Iguaçu, no Paraná.

Junto com os bandidos, foi encontrada uma mochila com 200 000 dólares, algumas cédulas chinesas, joias e relógios das vítimas. Segundo informações da PM, os dois acabaram sendo pegos durante uma vistoria de rotina para apreensão de drogas. Na revista, os policiais encontraram com eles a bagagem com os produtos roubados em Foz do Iguaçu.

Itens apreendidos: 200 00 dólares, joias e relógios Reprodução/Veja SP

Os nomes dos assaltantes ainda são mantidos sob sigilo. Sabe-se apenas que vivem no bairro da Liberdade e na Sé, em São Paulo, e têm 22 e 29 anos. A polícia investiga se eles integram uma quadrilha maior, especializada em roubos a casas de orientais. Depois de serem pegos dentro do ônibus,  os bandidos foram levados para a delegacia de Avaré e, lá, tentaram uma última cartada para se livrar da prisão, oferecendo aos policiais a mochila de “presente”, em troca de serem soltos. Vê o que dá para fazer ‘pela gente ai’, deixa a gente ir embora. Fiquem com tudo que tem ai”, disse um dos presos. Veja a cena no vídeo abaixo:

Agora, a dupla de ladrões aguarda transferência para a unidade transitória de Piraju, também no interior paulista. Como foram presos em flagrante, vão ficar por lá até a audiência de custódia. Podem pegar até doze anos de cadeia em caso de condenação pelo roubo em Foz de Iguaçu e tentativa de suborno.

Publicidade