Clique e assine por apenas 5,90/mês

João Doria anuncia a construção da Passarela Congonhas

Obra será bancada pela iniciativa privada

Por João Batista Jr. - Atualizado em 29 mar 2017, 16h39 - Publicado em 29 mar 2017, 16h31

O prefeito João Doria anuncia a construção de uma passarela definitiva sobre a Avenida Washington Luís, com acesso ao Aeroporto de Congonhas. Existe por lá há quase dois anos uma estrutura metálica provisória, “inaugurada” em outubro de 2015 como um paliativo temporário. À época, a prefeitura tinha anunciado que a mesma duraria seis meses até ser substituída por uma de alvenaria. Técnicos da Secretaria de Coordenação das Subprefeitura afirmaram que a Passarela Congonhas estava comprometida.

Maquete da futura Passarela Congonhas: estrutura metálica sairá da Avenida Washington Luís (Foto: Reprodução) Reprodução/Veja SP

Doria estava incomodado com a estrutura metálica sem nenhuma data para ser aposentada. O acesso a ela se dava por 46 degraus, muitas vezes percorridos por pessoas segurando mais de uma mala. A atual terá escadas e elevador.

Passarela “provisória” aberta em outubro de 2015: obras de até 5 milhões começam em abril (Foto: Marivaldo Oliveira / Estadão Conteúdo)O custo da obra, estimada entre 4,5 e 5 milhões de reais, será arcado pela iniciativa privada, sem custos aos cofres públicos. Os financiadores são os grupos Iguatemi,  Praias e Accor Hotelaria — há um hotel Ibis nas imediações do local. As obras irão começar no início do mês de abril.

O projeto arquitetônico da nova passarela está a cargo de Helena Camargo, fundadora da H2C Arquitetura, e de Marco Artigas – neto do arquiteto paulistano João Batista Vilanova Artigas, expoente do modernismo brasileiro e autor da estrutura original dos anos 70.

 

Continua após a publicidade
Publicidade