Clique e assine por apenas 6,90/mês

Itapevi ganha galeria de grafite quatro vezes maior que o Beco do Batman

Muros que se estendem por 630 metros em avenida da cidade, na Região Metropolitana, viram mural para obras de artistas conhecidos internacionalmente

Por Ricardo Chapola - Atualizado em 9 Aug 2019, 10h12 - Publicado em 9 Aug 2019, 09h42

A cidade de Itapevi, na região metropolitana de São Paulo, ganha neste sábado (10) uma galeria de grafite a céu aberto. E de grandes proporções: tem quase quatro vezes a área do Beco do Batman, famoso point instagramável da Vila Madalena.

Com 630 metros de extensão, a West Side Gallery virou mural para obras de grafiteiros internacionalmente conhecidos, como Chivitz, Sipros e Waleska Nomura. Outros 15 artistas também participaram do projeto, uma iniciativa feita em parceria entre prefeitura e a empresa Instagrafite. Os desenhos foram realizados nos muros de casas e prédios que margeiam o corredor Oeste, a principal via de Itapevi, uma região do município que até então estava abandonada e era considerada até perigosa.

“Aquela região era muito degradada. As pessoas que passavam por lá costumavam passar rápido. Essa foi uma maneira encontrada para reurbanizar o centro de forma barata, sem dinheiro público”, afirma Igor Soares (Podemos), prefeito de Itapevi. A expectativa é que, com a galeria, cerca de 2.000 pessoas passem a visitar o espaço, que deve ser repaginado mensalmente.

A Instagrafite preferiu não informar qual foi o valor investido na realização das pinturas, inspirada na alemã East Side Gallery, de Berlim, onde os grafiteiros coloriram as partes remanescentes do Muro de Berlim.

Continua após a publicidade

Além de embelezar o pedaço, Soares acredita que a cidade possa virar uma referência em arte urbana. Como exemplo, o prefeito cita o mural gigantesco feito pelo artista Eduardo Cobra na cidade. Trata-se de uma obra de 5.742 metros quadrados pintada na fachada do complexo da Cacau Show, à margem da rodovia Castelo Branco. O desenho, considerado o maior mural de grafite do mundo, retrata um homem numa canoa cheia de cacau. “Queremos que nossa cidade seja a capital do grafite do Brasil. Também valorizar artistas, fazer com que as pessoas conheçam a arte deles”, planeja o prefeito.

Mural de Kobra, em Itapevi, é considerado o um dos maiores do mundo Divulgação/Veja SP

A curadora do projeto, a fundadora da Instagrafite, Marina Bortoluzzi, conta que as pinturas são bem diferentes umas das outras. “Selecionamos artistas com técnicas e estilos variados. A maioria trabalha com cartoon. Mas terá também muita obra realista”, adianta. “Buscamos também um equilíbrio entre os artistas locais e os que já têm projeção nacional”.

Para a inauguração, a prefeitura organizou um evento com atrações musicais entre as 9h e as 20h deste sábado.

Essa deve ser a primeira fase de um projeto maior. Até o fim do próximo ano, a ideia é estender as pinturas por mais 1 quilômetro ao longo do corredor Oeste. Além disso, o prefeito adianta que pretende construir um parque do outro lado da avenida voltado apenas à prática de esportes radicais, como skate, patins e patinete.

Continua após a publicidade

“Vamos investir 1 milhão de reais na obra, que já está, inclusive, licitada”, diz Soares. Segundo o prefeito, a previsão é de que o parque também fique pronto até o fim de 2020.

Publicidade