Interdição da Tamoios causa congestionamento de 20 km

Paulistanos também tiveram problemas na travessia de balsa de São Sebastião para Ilhabela

A interdição de todo o trecho de serra da Rodovia dos Tamoios no início da madrugada desta sexta (12) causou um congestionamento de mais de 20 quilômetros no sentido litoral do Estado de São Paulo. Muitos motoristas que estavam na estrada ficaram presos na fila, até que fosse organizado o retorno.

Muitos usaram as redes sociais para reclamar do transtorno. “Estamos na estrada, tudo parado. Tivemos que vir por Taubaté até Ubatuba e depois Caraguatatuba”, escreveu a internauta Katia Maria Nobre. “Ia subir a serra, mas quando vi o congestionamento ainda aqui na Baixada, desisti”, postou Rosa Barros.

A rodovia foi interditada após quedas de barreiras entre os km 69 e 78,4 da rodovia, no trecho de serra. Conforme a concessionária Tamoios, a interdição de todo o trecho levou em conta o risco de novos deslizamentos, para segurança dos usuários. Às 11 horas, a concessionária informou que as barreiras tinham sido removidas, mas a rodovia continuaria interditada devido possibilidade de novos deslizamentos. “A liberação depende de uma avalização do trecho, condições climáticas e uma situação segura aos usuários”, informou.

O trecho seguia fechado até as 13h45 por causa de “chuvas fortes”, “quedas de barreira” e “risco de novas quedas”. “A liberação depende de uma avaliação do trecho, condições climáticas e uma situação segura aos usuários. Até o momento não há previsão”, afirmou a concessionária nas redes sociais.

Com o fechamento da Tamoios, os motoristas enfrentavam muita lentidão na rodovia Rio-Santos (SP-55), usada como alternativa. Na noite de quinta-feira, 11, a rodovia foi interditada por moradores, nas proximidades de Juquehy, em São Sebastião, em protesto contra a retirada de “gatos” em bairros lindeiros à estrada pela concessionária de energia. Uma barricada feita com galho e pneus foi incendiada. O tráfego foi restabelecido às 2 horas desta sexta (12)

Quem chegou ao litoral, enfrentava problemas também na travessia de balsa de São Sebastião para Ilhabela. Na noite de quinta e na madrugada desta sexta, a espera na fila chegava a 7 horas. Por volta de 11 horas, a espera havia caído para quatro horas, segundo a Dersa – Desenvolvimento Rodoviário SA, que opera o serviço. As condições do mar, agitado, com ondas altas, também dificultavam a operação das quatro balsas.

(Com informações do Estadão Conteúdo)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s