Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Integrante de grupo de rap tem convulsão em live após passar 14h em jogo

Pedro Qualy, do Haikaiss, teve vários hematomas no rosto e quebrou o ombro

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 27 ago 2020, 18h34 - Publicado em 27 ago 2020, 17h08

Pedro Qualy, integrante do grupo de rap Haikaiss, sofreu uma convulsão enquanto realizava uma live em uma plataforma de streaming de games. O músico disse que o caso ocorreu por descuido: ele passou cerca de 14 horas no jogo e afirmou também que nunca teve uma convulsão antes. O artista teve hematomas e quebrou o ombro por conta do episódio.

Qualy falou sobre o assunto em um vídeo publicado nas redes sociais, em que é possível ver hematomas no seu rosto. Um comunicado foi emitido pela gravadora Damassaclan, pedindo que o momento do incidente não seja compartilhado nas redes sociais, o que também foi repetido pela esposa do rapper, Anna Brisa.

Ele jogava o game New World, da Amazon, e transmitia o momento pela plataforma Twitch.

Continua após a publicidade

“Recebi milhares de mensagens de positividade”, começa agradecendo Qualy. “Tive uma convulsão, família. Foi a primeira fez na minha vida, nunca tinha passado por isso. A gente chegou a conclusão que foi muito tempo jogando e aí quando acordei, já fui direto para o jogo de novo, não comi quase nada. Então foi o estresse e má alimentação que me fizer ter a convulsão”, diz no vídeo.

“Além dos hematomas, quebrei meu ombro então daqui a pouco estou entrando na sala de operação para eu estar preparado para o show drive-in”, finalizou. No sábado (29) o Haikaiss faz uma apresentação no estádio do Pacaembu.

  •  

     

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade